terça-feira, 3 de agosto de 2010

Viva a vida


“No dia da prosperidade, goza do bem, mas, no dia da adversidade, considera; porque também Deus fez este em oposição àquele, para que o homem nada ache que tenha de vir depois dele.” Eclesiastes 7:14

Tanto na prosperidade como na adversidade, vemos aí a mão de Deus. Logo, temos que aprender a lhe dar com os dois, ou deveríamos. O que não acontece, já que na maioria das vezes, ficamos refém do dia. Se as circunstâncias que lhe cercam forem boas, ele será bom. Do contrário, teremos um péssimo dia.
O dia, ele é que tem que ser levado em conta. Afinal, Deus nos concedeu mais um e isso sim é o que importa! A cada dia que nasce, Deus nos concede mais uma oportunidade para tentarmos ser melhores seres humanos.
Ou aprendemos a jogar o jogo da vida, ou meu dia será refém das circunstâncias (refém de vitórias). Temos que nos alegrar com a vida.
Temos que aprender a depender mais de Deus e menos de suas repostas. A pretensão humana é tanta, que achamos que Deus tem que nos dá respostas para tudo e esquecemos que é de sua Graça que nos basta. Simples!
O que nos resta? CELEBRAR A VIDA!
Lembre-se: Abençoado é o que tem sempre, não o que tem muito!
Baseado na pregação do PR. Neil Barreto (Igreja Batista Betânia)